blog

Voltar


Negatividade e intolerância X foco e objetivos de vida
Publicado em 26.10.2015 // 0 Comentário
Com a vida cada vez mais acelerada e o avanço tecnológico, tem se tornado cada vez mais comum vermos por aí reclamações e críticas de tudo. Há sempre alguém reclamando de algo e compartilhando sua insatisfação e intolerância. Mas o que pode estar por trás deste comportamento?
 
Os motivos podem ser diversos. Muitas pessoas aprendem este padrão de comportamento e levam adiante, às vezes, sem perceber. Outras não conseguem identificar o que acontece de positivo no seu dia a dia e agem de maneira “reclamona”. Há também aquelas que, por não terem objetivos de vida, tornam-se intolerantes aos desafios diários e também às pessoas. 
 
O ponto central que quero trazer é que ao sabermos onde queremos chegar e o que realmente desejamos, todo o nosso foco se volta exatamente para o alcance dos resultados. E então, aquilo que não nos agrada é visto apenas como um obstáculo e não mais como um motivo para lamentar e viver reclamando. Essa é a relação entre objetivo de vida e tolerância e satisfação. Com base nisso, destaquei alguns pontos para ajudar nossa visualização e reflexão:
  • É importante parar para refletir sobre nossas ações e sobre o que proferimos.
  • Ter uma postura “reclamona” apenas torna as pessoas mais negativas: pessoas bacanas se afastam e momentos e oportunidades passam despercebidos.
  • Pense nas oportunidades que podem aproximá-lo dos seus objetivos de vida.
  • Não deixe que uma situação negativa tire você do foco e do olhar positivo sobre a vida e sobre as pessoas ao seu redor. 
Coloque as mudanças como prioridade e foque nos objetivos de forma positiva. Aposto como esta mudança de postura trará muitos benefícios, pois fará com que você se sinta mais feliz e realizado.
 

Gostou deste post? Compartilhe!


0 comentário(s)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

33 − = 29

Assine a Newsletter

Assine e receba meus artigos por e-mail.