blog

Voltar


Gestos e posturas que prejudicam o atendimento ao cliente
Publicado em 19.04.2017 // 0 Comentário

Quem trabalha diretamente com atendimento ao cliente sabe que “uma imagem vale mais que mil palavras”. A marca que você deixa no seu primeiro contato com o cliente muitas vezes não pode ser apagada.

Neste contexto, vou falar sobre três gestos e posturas que podem colocar tudo a perder. Essas dicas valem para consultores, vendedores, caixas, gerentes, empresários e todos os profissionais que têm contato direto com seus clientes.

1) “Caras e bocas”

Muita gente esquece que as expressões faciais têm peso em tudo que é falado. Não adianta dizer que um produto ou serviço é maravilhoso e fazer “caras e bocas” que provam o contrário. Se você não estiver em seus melhores dias para sorrir, é melhor manter uma expressão neutra ou séria e que passe confiança em relação ao que está dizendo. Do contrário, não vai convencer.

2) Expressões corporais

O corpo também fala. Braços cruzados, ombros caídos e não olhar nos olhos da pessoa, por exemplo, são erros graves e comuns. Ao ter esse tipo de postura você está deixando clara apenas uma mensagem: “não estou gostando de estar aqui e não acredito em nada que estou dizendo”. Cuidado! Mantenha sempre uma postura confiante, elegante e que faça jus ao que você oferece para seu cliente.

3) Impaciência e egoísmo

Você sabia que o mercado está cheio de vendedores e profissionais egoístas? Isso mesmo. Um erro comum é o de achar que sabe exatamente do que o cliente precisa, enquanto na verdade você está pensando em si próprio e agindo à sua maneira. Portanto, saber ouvir o que o cliente tem a dizer é fundamental. Apenas dessa forma você terá a certeza do que ele deseja.

Muitos pensam apenas em si mesmo, no que gostariam de comprar ou em como gostariam de ser atendidos. Porém, no atendimento ao cliente, o foco é o consumidor e não você. Saiba ouvir e pensar por ele.

Quer aprofundar este assunto? Conheça a consultoria de Imagem Corporativa e saiba encantar seus clientes.

Gostou deste post? Compartilhe!


0 comentário(s)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

77 + = 78

Assine a Newsletter

Assine e receba meus artigos por e-mail.