blog

Voltar


Estilo pessoal X Imagem corporativa: 7 dicas para acertar na apresentação
Publicado em 16.11.2016 // 0 Comentário

Começo esse artigo provocando duas reflexões.

. Será que o estilo pessoal impacta mesmo na imagem corporativa?

. Você se veste para agradar quem?

Nem sempre podemos usar as roupas que desejamos ou as mais confortáveis, principalmente, no ambiente corporativo. Sua imagem precisa estar de acordo com seu tipo de trabalho, o cargo que ocupa e o mais importante – estar de acordo com o cargo que você almeja!

Nesse ponto entramos na esfera do Marketing Pessoal e do Personal Branding –  a construção da sua marca pessoal e aí eu provoco mais uma vez questionando: Como você quer ser visto no ambiente de trabalho?

54% dos brasileiros se vestem inadequadamente para trabalhar

A imagem que você passa diz muito sobre você e é um grande potencial a ser explorado. É uma poderosa aliada na hora de vender seus serviços e habilidades.

A imagem pessoal é tão importante que a consultoria Robert Half realizou uma pesquisa com 1.775 diretores de Recursos Humanos de 19 países, sendo 100 brasileiros. O resultado mostrou que a maioria dos funcionários no Brasil se veste de forma inadequada para trabalhar. 54% dos diretores brasileiros afirmaram que viam os colegas malvestidos com certa frequência, sendo que a média mundial foi de 42%.

Ainda no Brasil, 22% dos participantes disseram que uma boa aparência influencia bastante, enquanto para 45% influencia significativamente e 41% afirmaram que influencia pelo menos um pouco.

Mesmo que o ambiente onde você trabalha seja bem informal ou sua profissão não exija um guarda-roupas requintado, ainda assim você deve se preocupar sempre em passar uma imagem profissional.

7 dicas para trabalhar sua imagem pessoal e acertar na apresentação

  1. Autoconhecimento – a pessoa que se conhece pode fazer escolhas mais acertadas, inclusive na hora de compor o guarda-roupas.
  2. Autenticidade – respeite seu estilo e o estilo do seu corpo.
  3. Flexibilidade – adapte seu estilo ao ambiente onde trabalha.
  4. Criatividade – se você ficar em dúvida aposte nas roupas básicas e explore os acessórios que servem para compor o visual com personalidade.
  5. Casual – para quebrar a seriedade do look no trabalho misture peças do fim de semana aos looks corporativos. Combine lenços e camisetas com blazer, saias, terninhos e camisas de alfaiataria.
  6. Exageros – Cuidado com mini (ou micro) saias, decotes e transparências até mesmo em eventos informais como festas ou reuniões com os colegas fora do horário de trabalho.
  7. Cores – as cores claras são ótimas para transformar o look de trabalho e torna-lo mais atual. Tons clássicos como azul marinho, preto e branco são sempre bem-vindos, mas os tons pasteis são uma boa opção para quem quer dar um ar mais alegre à produção.

Quer mais inspirações para se vestir?

Siga o @advoguettes (https://www.instagram.com/advoguettes/) com dicas diárias para se vestir com muito estilo no trabalho.

Essa matéria do estadão.com (http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,10-regras-para-quem-quer-se-vestir-bem-no-trabalho,116926e) traz “10 regras para quem quer se vestir bem no trabalho”

O blog da Dash (http://www.dashuniformes.com.br/blog/tag/blog-moda-corporativa/) é legal para quem trabalha em um ambiente mais sério.

O Chic da Glória Kalil (http://chic.uol.com.br/como-usar/noticia/roupa-de-trabalho-gloria-kalil-explica-o-que-usar-de-acordo-com-o-nivel-de-informalidade-do-seu-escritorio) dispensa comentários. É clássico e sempre atual.

Ah… e respondendo a pergunta que abre este artigo “Será que o estilo pessoal impacta mesmo na imagem corporativa? ” A resposta é, sem dúvida alguma, SIM! Influencia e muito!

Gostou deste post? Compartilhe!


0 comentário(s)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

51 − 42 =

Assine a Newsletter

Assine e receba meus artigos por e-mail.