blog

Voltar


Conversando com Gerações
Publicado em 09.05.2018 // 0 Comentário
conversando com gerações

Como se comunicar melhor com as diferentes gerações?

A cada dia que passa, notamos com mais facilidade a diferença de gerações no ambiente de trabalho. Por um lado, temos cada vez mais recém-formados sendo contratados, e por outro, os com mais experiência estão atrasando a aposentadoria. Como resultado, pessoas de diferentes idades, de 18 a 70 anos, trabalham e colaboram juntas no escritório. E agora? Como lidar com esta diversidade?

Já parou pra pensar que a mistura de baby boomers, millennials e aquelas gerações intermediárias, não só adiciona diversidade como também gera diferenças de valores, estilo de vida, experiência e familiaridade tecnológica? E isso não é bom? Particularmente acho que é MUITO bom, mas sei que as empresas que investem neste ambiente diverso podem sofrer alguns “solavancos” ao longo do caminho.

Você pode estar se perguntando: Ok Veruska, essa parte eu sei – mas como eu faço quando estou na posição de líder ou simplesmente faço parte desta equipe?

Vamos pensar no seguinte: De acordo com uma pesquisa realizada pela Entrepreneur.com, 81% dos funcionários em tempo integral preferem se juntar a uma empresa que valoriza a “comunicação aberta” do que uma que oferece vantagens, como alimentação gratuita e planos em academias de ginástica. Ponto pacífico, certo? Valorizar a comunicação, a troca e a aprendizagem no ambiente de trabalho é algo que todas as gerações valorizam… então vamos partir desta premissa: a comunicação para integrar e somar.

A Forbes fez um ótimo trabalho ilustrando como cada geração prefere se comunicar:

 

Defining Generations

  • De modo geral, os Baby Boomers tendem a preferir comunicação “cara a cara”  ou conversas telefônicas do que por e-mail, já que se adaptaram à tecnologia de comunicação on-line mais tarde.
  • A Geração X é mais experiente e receptiva à tecnologia, eles adotam novos meios como o Facebook e o e-mail.
  • A geração millennial, por outro lado, cresceu com a tecnologia na ponta dos dedos. Pense em smartphones, tablets, laptops e incorpore a comunicação on-line em todos os aspectos de suas vidas:  relacionamentos sociais, familiares e de trabalho. Os meios de comunicações da geração millennial são inúmeros, desde plataformas de mídia social como o Twitter e o Snapchat até mensagens instantâneas, como o bate-papo do Facebook e o WhatsApp. Além disso, eles buscam e precisam de gratificação (resposta) instantânea e não têm as formalidades das gerações anteriores.
  • Os “tradicionalistas” são a geração “vamos fazer uma reunião”. As reuniões presenciais oferecem um grande valor ao contribuir para relacionamentos interpessoais e colaboração em grupo, mas podem ser demoradas e caras quando os custos de transporte e tempo se acumulam. Além disso, pense em sua última reunião cara a cara: na maioria das vezes acontece uma “agitação” antes e depois, já que as pessoas estão gostando de não estarem em suas mesas e isso pode ocasionar em menos produtividade.

Mas atenção – de maneira nenhuma estou defendendo a abolição deste ou daquele método, mas no caso das presenciais, se pudéssemos reduzir a quantidade de reuniões e complementá-las com conferências on-line, poderíamos ter um processo mais simplificado, não acha?

Esse cenário de “misturas” oferece às gerações tradicionais e/ou boomers, mais acostumadas com os moldes presenciais ou telefônicos e que nem sempre dependeram da comunicação on-line para desenvolver novas técnicas de comunicação de negócios, um jeito novo e mais eficiente de se comunicar….ao mesmo tempo em que oferece aos Millennials, que estão acostumados a se comunicarem através de uma tela, uma oportunidade de conquistar habilidades interpessoais tradicionais.

Então, como podemos alcançar um meio feliz quando toda geração tem sua própria preferência de comunicação? Devemos incorporar uma mistura de múltiplos métodos de comunicação que abranjam os avanços tecnológicos e acompanhem os tempos, mas que não abandonem completamente as preferências de comunicação anteriores.

Como facilitar este convício entre gerações?

  • Envie seus gestores para workshops sobre o tema, para que eles aprendam a reconhecer diferenças de geração e se adaptem. É importante que os gerentes mudem em vez de tentar mudar a equipe.
  • Ofereça diferentes opções de trabalho, como o trabalho remoto. Concentre-se nos resultados que os funcionários produzem, e não em como eles o fazem. Isso dará aos funcionários alguma flexibilidade sobre como eles querem trabalhar e colocar todos, independentemente de onde eles passem a maior parte do tempo trabalhando, na mesma escala para medir o sucesso. O trabalho remoto também pode incentivar os boomers que estão se aproximando da aposentadoria a permanecer na equipe por mais tempo, já que a opção permite que eles “reduzam” suas cargas de trabalho.
  • Acomode diferentes estilos de aprendizagem. Os Baby Boomers podem preferir métodos de treinamento mais tradicionais e estáticos, como apresentações e manuais em Power Point, enquanto os mais jovens podem preferir formas de aprendizado mais interativas e baseadas na tecnologia, tais como aplicativos interativos.
  • Mantenha os funcionários motivados. Forneça oportunidades regulares de educação e treinamento, bem como aconselhamento de carreira para manter todos os trabalhadores interessados ​​na empresa. Abasteça as expectativas de Millennials ambiciosos com tarefas especiais que estão fora de suas descrições de trabalho. Considere colocá-los em uma força-tarefa para resolver um problema ou estabelecer uma presença regular em sites de redes sociais para a empresa.
  • Acabe com as rotinas. Especialistas dizem que Millennials e a Geração X não gostam da formalidade das reuniões regulares, especialmente quando não há nada para discutir. Limite as reuniões para quando houver uma necessidade real, principalmente quando houver a presença deste público.
  • Crie programas de reconhecimento. Mesmo gestos simples, como um tapinha nas costas ou felicitações positivas por e-mail, podem ajudar a aumentar a produtividade com a Geração X. Os boomers podem buscar status, portanto, podem responder melhor a um memorando em todo o escritório que anuncia que estão atingindo ou excedendo suas metas. Os Millennials podem buscar validação e aprovação e por isso, apreciarão o aumento de responsabilidade, oportunidades adicionais de treinamento e avaliações de desempenho mais frequentes.

Por fim, o mais importante: Dê a todos da equipe uma voz. Independentemente da idade e da posição, ofereça a todos uma possibilidade de apresentar ideias, preocupações e reclamações. Bons gestores devem facilitar a comunicação aberta em todo o escritório e reservar tempo para fornecer feedbacks honestos… este é o ponto mais importante!

Gostou deste post? Compartilhe!


0 comentário(s)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

+ 53 = 58

Assine a Newsletter

Assine e receba meus artigos por e-mail.