blog

Voltar


Ano novo, metas novas: e aí, dessa vez você vai cumprir?
Publicado em 24.12.2014 // 0 Comentário
Todo fim de ano a gente faz promessas para o ano seguinte e “jura de pés juntos”, de “dedos cruzados” e de tudo quanto é jeito que vai conseguir! Mas, aí, os meses vão passando e nem sempre as metas são alcançadas. Com isso, vem a frustração, o desânimo e o que era um sonho vira um pesadelo, que de quebra traz um novo problema para ser resolvido.
 
Bom, muitas pessoas me procuram para trabalhar essas questões por meio do Coaching, método de desenvolvimento pessoal, onde apoio meu cliente a encontrar soluções para realizar metas e objetivos. Uma das questões mais importantes e difíceis ao estabelecer uma meta é realmente decidir o que de fato desejamos e por que desejamos. O “porquê” é o que nos mobiliza e nos faz persistir, mesmo diante de situações que tendem a nos tirar do nosso caminho.
 
Estabeleça prazos
Um fator importante é definir prazos para fazer as coisas acontecerem. Quando estabeleço um prazo, eu conecto aquilo que desejo à um tempo determinado. 
 
Níveis moderados
O que eu estabeleço não pode ser fácil demais e nem muito difícil. Com um nível médio de desafio, me mantenho alerta e com foco, pois sei que o jogo ainda não está ganho, e permaneço firme, mas também sei que é possível chegar lá.
 
Atenção e significados
Estabelecer um objetivo com forte significado pessoal, com tempo definido e com um certo nível de desafio, torna as pessoas mais “atentas” às oportunidades que surgem. Muita gente se apega ao “universo que conspira a nosso favor”, mas na verdade é um objetivo bem definido que traz foco e atenção para aquilo que é importante, e então as coisas realmente acontecem.
 
Prioridades e imprevistos
É necessário definir algumas prioridades para o ano seguinte. Leve em consideração os acontecimentos naturais e corriqueiros, pois dificuldades e imprevistos vão surgir. Mas, vale a pergunta: “o quanto sou capaz de lutar por aquilo que faz meu coração bater mais forte?” Ou seja, o mais difícil não é conquistar o que foi estabelecido, mas sim estabelecer algo que seja tão importante que não me faça desistir frente às dificuldades.
 
Avalie-se
Não se prenda ao que deu errado, mas avalie o que foi feito corretamente e o que fugiu do controle para saber exatamente quais são as forças e os pontos fortes que superam quando as fraquezas aparecerem. É fundamental focar naquilo que se tem de melhor para “capitalizar sobre aquilo” que não é tão bom assim.
 
Persistir X Insistir 
Persistimos quando estabelecemos o que queremos. Podemos fazer várias vezes do mesmo jeito ou até mudar de estratégia para conseguir. Mas, as coisas acontecem porque queremos algo em um período determinado. Insistir tem a ver com teimosia em fazer a mesma coisa sem saber exatamente o porquê se faz. Geralmente, as pessoas insistem quando o que elas querem não é específico e não pode ser medido.
 
Questione-se e especifique
Todo mundo quer ser feliz, mas o que de fato significa que eu sou feliz? Como posso identificar quando eu cheguei lá? Quero ter independência financeira… Mas, o que isso significa? Quanto preciso ter para ser independente financeiramente? 
 
Estabelecer detalhadamente os desejos faz parte do que significa ser motivado.

Gostou deste post? Compartilhe!


0 comentário(s)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

61 + = 69

Assine a Newsletter

Assine e receba meus artigos por e-mail.